Não existe coincidências

mensagem no ar

Muitas vezes queremos ouvir a voz de Deus e procuramos nas pessoas e nos acontecimentos especiais a resposta para nossas perguntas. Queremos  que Deus nos dê algum sinal extraordinário como resposta. No entanto, não percebemos que Ele fala conosco a cada momento, em todas as situações.  Nesta mensagem que deixo pra você hoje, falo um pouco sobre isso. Deus não está calado, Ele fala contigo em todas as situações. Não fique à espera de uma revelação sobrenatural, apenas silencie e pare para ouvir. Há uma mensagem para você no ar! Há uma mensagem para você na Palavra! Há uma mensagem para você hoje e sempre, porque Deus, como Pai amoroso, quer revelar-se a você em todas as circunstâncias, quer derramar o seu amor, quer que você tenha uma vida plena em Sua presença. Leia a mensagem com atenção. Depois silencie e peça ao Senhor para que Ele tire a venda de seus olhos e de seu coração. Não espere por ninguém! Há uma mensagem para você no ar!

Um homem estava preocupado em fazer um quarto a prova de som,  já que ele tinha problemas com o filho que tocava uma bateria e  ninguém agüentava a intensidade do barulho nas horas dos ensaios. Contratou uma equipe para CONSTRUIR O quarto no fundo do quintal …
Com o quarto quase pronto, o homem pediu para que fosse feita uma experiência. Chamou um de seus empregados, pediu que entrasse naquele cômodo e gritasse qualquer coisa, com toda a força que era capaz. O empregado entrou no tal cômodo sem saber o que fazer.
– Vou gritar o que?
Ficou alguns segundos pensativo. Não tinha a menor idéia do que gritar. De repente num impulso gritou três vezes: – JESUS TE AMA!…

Atrapalhado, na hora de fazer o teste, o empregado esqueceu a porta aberta e o som de sua voz acabou sendo ouvido fora do local, mesmo que de forma abafada. O quarto construído no fundo do quintal estava na divisa de um terreno baldio. E, naquele momento do teste, havia chegado um senhor que, desgostoso da vida, havia ido até ali para suicidar-se.

Quando levou o revolver até a altura da cabeça escutou muito longe aquele JESUS TE AMA…
Por um instante parou para ouvir. Era impossível, não havia ninguém por ali. Achou que estava enganado. Voltou a levantar o revolver e novamente ouviu: JESUS TE AMA! Em seguida, como se alguém insistisse pra que ele acreditasse, ouviu mais uma vez: JESUS TE AMA!
Não tinha mais dúvidas, era pra ele! Lembrou-se de Jesus, de seu amor, de seu perdão. Teve a certeza de que não estava sozinho. Jogou o revolver fora e foi procurar de onde tinha vindo aquele apelo. Chorando abraçou o autor dos gritos e agradeceu por ter-lhe salvo a vida.

Pense nisso!

Na vida não existe coincidências o que existe é a vontade de Deus, que é soberano, amoroso e utiliza de todos os meios, de todas as formas e circunstâncias para chegar até nós…

Se você se sente sozinho, fracassado, cansado e até mesmo abandonado, pare para ouvir, há uma mensagem pra você no ar! Deus está usando alguém ou alguma circunstância para dizer que te ama!

E não importa a forma ou o estado que você esteja. Não importa o que você já fez de errado, não importa se dizem que você não tem jeito, ou que não há mais jeito pra você, não importa.!

Se você já entregou os pontos, não importa. O que importa é que Deus quer que você saiba que Ele te ama e que seu amor supera e vence todas as coisas!

Em Isaías 41,10, o Senhor nos diz: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”.

Na vida não existe coincidências, há uma mensagem pra você no ar!

Disponibilize-se para esse amor que é dado gratuitamente a você. Viva esse amor! Acredite nesse amor! Liberte-se com a força desse amor!

E se algum dia você sentir vontade de gritar bem alto: Jesus te ama! Faça-o o mais alto que puder… Sem medo, sem vergonha… Porque certamente, em algum lugar, onde você menos espera, haverá alguém precisando dessa palavra para viver…

Pense nisso…

E seja feliz!!!

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Apesar de tudo, NÃO PARE!

1andando

Um dos livros da Bíblia que eu mais gosto de ler é o livro de Salmos. Ali vemos verdadeiros poemas (escritos por, pelo menos,  oito autores, principalmente Davi) que retratam a vida, os anseios, os sonhos, as lutas, as angústias, decepções, desafios, pecados (…) de pessoas que buscavam a Deus com toda a sinceridade de coração.
Se estudarmos os Salmos atenciosamente, enxergaremos a nossa própria vida e perceberemos que, assim como nós, eles também passaram por dúvidas e tribulações. Sentiram medo, se sentiram sós, mesmo crendo em Deus. Se sentiram fracos diante da batalha, viram suas forças se esvaírem e clamaram, clamaram MUITO pelas misericórdias do Senhor.
Além da sinceridade dos salmistas e da poesia de suas confissões, o que mais me atrai nos salmos é que, por maior que fosse a angustia, o pecado ou o desafio enfrentados,  eles sempre encerravam seus textos com um brado de confiança e esperança Naquele Deus no qual acreditavam.
Esta madrugada li os 11 versículos do Salmo 42, escrito pelos filhos de Corá. No início do poema, falam de sua sede imensa de Deus: “Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo” .
Mas na sequência nos deparamos com um coração angustiado e aflito – daí sua sede desesperadora de Deus. A sensação que sinto ao ler este salmo é que quem o escreveu sentia em sua boca o gosto amargo da humilhação e da derrota. Suas lembranças dos tempos de festa e a tristeza demonstradas no texto me levam a crer que algo não estava dando certo na vida do salmista.

“Minhas lágrimas têm sido o meu alimento de dia e de noite, pois me perguntam o tempo todo: “Onde está o seu Deus? “
Quantas vezes já ouvimos esta pergunta ou quantas vezes nós mesmo não a fizemos? A espera tornou-se longa demais, a esperança parece vacilar, o dia parece que não vai chegar e vem a pergunta: Onde está Aquele que é o autor de minha fé?
As dúvidas e incertezas povoaram a mente do salmista assim como povoam a NOSSA mente. A tristeza invadiu sua alma, como muitas vezes invade a nossa. “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? ”
A resposta que estava nos lábios, mas muitas vezes não estava no coração. “Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus”. Havia a certeza do poder de Deus, mas as emoções… “Um abismo puxa outro abismo”. A tristeza profunda que leva, à amargura, que leva à morte espiritual, que leva à depressão… “Até os meus ossos sofrem agonia mortal”
Como é lindo e profundo este salmo! Como retrata nossa alma e nossas lutas!
Nos versículos 8 e 9, vemos a oração de quem, mesmo sofrendo tanto, juntava suas forças e insistia em crer, em perseverar e em esperar em Deus porque sabia que só Nele conseguiria romper. “Conceda-me o Senhor o seu fiel amor de dia; de noite esteja comigo a sua canção. É a minha oração ao Deus que me dá vida. Direi a Deus, minha Rocha: “Por que te esqueceste de mim? Por que devo sair vagueando e pranteando, oprimido pelo inimigo? ”
O salmo se encerra com a repetição do versículo 5, como confirmação do estado de espírito do autor, mas, ao mesmo tempo, confirmando a sua esperança no resgate que viria do Senhor. “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus”.
Deixo hoje para você esta reflexão. E sabe qual é a maior lição que eu tiro deste salmo? É que, apesar de tudo, de toda dor, angústia, humilhação, tristeza, sentimento de fracasso, ele não parou. O salmista não desistiu de sua esperança! Aquele homem, talvez em profunda depressão, não desistiu de acreditar!
Lembrei-me agora de uma mensagem que escrevi há alguns anos com o título “Não pare, continue tocando” (Para ler clique aqui) Hoje o Senhor manda te dizer, NÃO PARE! Continue avançando, crendo, alimentando a sua esperança, porque em Deus está a sua vitória e Ele não é homem para que minta e nem filho do homem para voltar atrás!

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Respostas demoradas

-1

Dele vem a minha esperança. (Sl 62.5.)

A negligência que geralmente demonstramos para com a resposta às bênçãos que pedimos, mostra como há pouca realidade em nossas orações. O agricultor não se satisfaz sem a colheita; o atirador observa se a bala atinge o alvo; o médico aguarda o efeito do remédio que aplicou; por que não se importará o cristão com o efeito da sua oração?

Toda oração, feita com fé, segundo a vontade de Deus, segundo as Suas promessas, oferecida no nome de Jesus e sob a influência do Espírito Santo, quer seja por bênçãos temporais ou espirituais, é ou será plenamente respondida.

Deus sempre atende às orações de Seu povo, fazendo aquilo que mais contribuirá para a Sua glória e para o bem-estar espiritual e eterno dos Seus. Assim como sabemos que Jesus Cristo nunca rejeitou ao pecador que se achegou a Ele buscando misericórdia, também cremos que nenhuma oração feita em Seu nome será vã.

A resposta à oração é certa, embora talvez não estejamos discernindo a sua chegada. A semente que jaz sob o solo no inverno está lançando raiz, com vistas a florescer e frutificar, embora ainda não apareça na superfície do solo e pareça morta e perdida. — Bickersteth

As respostas demoradas não apenas provam a fé, como nos dão oportunidade de honrar a Deus por nossa firme confiança nEle, mesmo diante das aparentes recusas. — C. H. Spurgeon
Retirado do livro Mananciais no Deserto

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments