Se você está no casulo…

casulo

Certo dia uma lagarta, que passou toda sua vida no chão, olhando os pássaros resolveu se revoltar com sua realidade e, indignada, disse a Deus: “Sou a mais desprezível das criaturas… Feia, repulsiva, condenada a rastejar pela terra.”

Passado um tempo a Natureza ordenou que ela fizesse um casulo.
A lagarta se assusta – jamais fizera um casulo antes. Pensa que está construindo seu túmulo, e prepara-se para morrer…

Desesperada, preparou o casulo e trancou-se nele aguardando o seu fim…

Os dias passam… A espera é grande. Enclausurada ela nada entende. Acredita realmente que vai morrer…
Até que um dia ela se vê transformada numa linda borboleta…

Liberta do casulo e da situação que vivia antes, pode passear pelos céus, e ser admirada pelos homens…
A lagarta surpreende-se então, com o sentido da vida e com os desígnios de Deus. Feliz, percebe o processo pelo qual passou e com o coração cheio de alegria e gratidão sai a voar pelos céus e a falar de sua rica experiência por toda a floresta.

Autor desconhecido

Pense nisso…

Muitas vezes em nossas vidas nos sentimos como a lagarta. Nos sentimos feios, repulsivos, condenados a rastejar, condenados à humilhação, à tristeza e à solidão…

Machucados e humilhados, não vemos saída para nossa situação e somos levados a pensar que o nosso destino é o sofrimento e que, se Deus existe, Ele existe e age na vida de outras pessoas, nunca na nossa.

Se você está passando por um momento desse. Lembre-se mais uma vez da lagarta, observe…

Amargurada com sua situação, ela vê no casulo  o sinal de seu fim. Enclausurada, isolada, não percebe que está passando pelo processo final, o processo que a levará aos céus, que a fará voar e aproveitar todas as maravilhas da vida.

Você tem a sensação de ter chegado ao fundo do poço?

Tudo parece ter acabado?

Não se desespere, você está no casulo, deixe Deus trabalhar em você!
Deixe Deus transformar o seu ser. Para que a lagarta vire borboleta, a transformação tem que ser completa!

Não pode existir traços de lagartas, membros de lagarta no corpo da borboleta.

Assim acontece conosco, pode estar acontecendo com você…

Se você está no casulo da vida, deixe Deus trabalhar você!
Porque, pra que você possa voar, não pode existir nenhum pedaço de lagarta, nenhum membro atrofiado. Tudo tem que ser renovado…

Jesus diz “necessário vos é nascer de novo…”

Pra que você possa voar, necessário vos é que você seja uma nova criatura em Cristo e, se você está no casulo é porque Deus está te transformando nessa nova criatura.

Pare agora e sinta a transformação…
Veja que você tem crescido, amadurecido…
Veja que o tempo de voar está chegando!

Em números 23:19 o Senhor diz: “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele dito, não o fará? ou, havendo falado, não o cumprirá?”

Em IS 40:31, a Palavra do Senhor nos diz: –  Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.

Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças!

Mesmo que você ache que tudo acabou e que não dá mais tempo!

Deus não é homem, para que minta!

Em Oséias 11: 4 o Senhor nos diz “Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; e fui para eles como os que tiram o jugo de sobre as suas queixadas, e me inclinei para lhes dar de comer”.

Creia nisso…

Se você está no casulo da vida, creia que Deus está contigo, creia que Ele te envolve com laços de amor…
Creia que você está sendo preparado para voar…

Você não foi feito para rastejar!
Você não foi feito para ficar no casulo a vida inteira e, se você está nele, é porque você está sendo preparado para voar…

Abra o seu coração para Deus…

Pense nisso  e seja feliz!!!

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Fazer diferente muda tudo: Policial evita prender mulher que furtou ovos e a surpreende com dois caminhões com comida

solidariedade

Um Natal inesquecível. É dessa maneira que a família de uma americana irá se lembrar dos festejos do final de 2014.
E o principal motivo disso: um policial que cruzou o caminho de Helen Johnson, de 47 anos, ao menos, duas vezes.
A história começa num sábado ensolarado, na porta de um supermercado do Alabama, nos Estados Unidos. A dona de casa havia acabado de ‘roubar’ cinco ovos para alimentar sua família. E o policial Willian Stacy estava por lá.
Foi ele que fez o flagrante.
Com distintivo no peito e algemas em mãos, ele mudou o final lógico para essa situação.
Se recusou a prender a dona de casa, pagou os ovos – antes furtados pelo desespero de ver suas duas filhas, uma sobrinha e dois netos passando fome – e fez ela prometer que não iria furtar mais nenhum mercado.

2401561500000578-2871737-Christmas_kindness_Officer_William_Stacy_with_Helen_Johnson_afte-a-10_1418405988202

Promessa feita e realidade da pobreza escancarada na frente do policial.
E, então, mais uma vez, ele mudou o curso – não o natural – mas o que estamos acostumados a ver. Ao invés de seguir com a rotina, pensou que poderia fazer mais pela pessoa que acabara de conhecer. Alguns dias depois, Willian convocou alguns colegas de corporação e estacionou dois caminhões lotados de comida na casa de Helen.
Nem é preciso descrever o quão Helen ficou agradecida, surpresa e emocionada.

2401560800000578-2871737-Officer_Willaim_Stacy_hugs_a_still_crying_Helen_Johnson_as_she_w-a-13_1418405988241Finalmente, o Natal será diferente e feliz por lá!

Tava lá no Daily Mail.

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Olhai os lírios do campo…

lirios

Tenho estado numa correria muito grande por esses dias; Ainda em meio à correria, lembrei-me do trecho do livro de Érico Veríssimo que diz” e quando o amor ao dinheiro, ao sucesso estiver nos deixando cegos, saibamos fazer pausas para olhar os lírios do campo e as aves do céu”. Li esse livro na adolescência e ainda guardo na memória trechos da carta que a personagem Olívia escreveu para seu amado Eugênio . Vou um pouquinho além do que Veríssimo falou e, tomando emprestado suas palavras, posso dizer hoje: Quando as preocupações, a ansiedade, a angústia, o medo estiverem nos deixando cegos, saibamos fazer pausa e olhar os lírios do campo e as aves do céu…”
Refletindo sobre isso e sobre alguns e-mails que recebi de pessoas queridas, que tem visitado diariamente o blog e dividido comigo suas dores e lutas, parei então meus afazeres, deixei os telefonemas de lado, a preocupação com os compromissos, parei de olhar o relógio e resolvi, literalmente, olhar os lírios do campos e as aves do céu…
Creio que Veríssimo fazia alusão à passagem bíblica em que Jesus fala sobre a ansiedade, as solicitudes da vida. Mas mesmo que não tenha sido essa a inspiração do consagrado escritor, quero, com você, meditar sobre isso. Leia comigo: Lucas 12:22-27: “Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes.  Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves? E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura? Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras? Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? “
Não sei quais são os problemas que você tem enfrentado diariamente, não sei quais são as suas lutas e dores, mas creio que, como eu, você tem vencido de fé em fé. Jesus nos convida a descansarmos Nele porque Ele sabe que a ansiedade acaba, literalmente, conosco. Acaba com nossa saúde, nossa paz, nossa alegria e até mesmo com nossa fé. Quando nos deixamos levar pelas preocupações estamos mostrando a Deus que não acreditamos em seu poderio, estamos dizendo a Ele que achamos que Ele não é suficientemente poderoso para nos dar a vitória.
Não sei quais são os seus problemas. Sei apenas que, seja qual for a situação, a ansiedade não te ajudará em nada. Pelo contrário, certamente te deixará cego e tirará a sua paz.
A correria é grande? As preocupações parecem ser maiores que você pode suportar? Saiba fazer pausas e olhar os lírios dos campos e as aves do céu…
Alguém te feriu? O coração dói muito? O sentimento de solidão é insuportável? Saiba fazer pausas e olhar os lírios dos campos e as aves do céu…
Algum tempo atrás fui à casa de minha avó fazer-lhe uma visita e, no meio da conversa, aquela senhorinha de 90 anos, foi rápido ao seu quarto e trouxe para mim a sua Bíblia: Queria que eu lesse para ela um trecho que ela traduzia como maravilhoso. O sorriso cobria sua face e o brilho de seu rosto era contagiante. Peguei a Bíblia e me deparei com o Salmo 139. Naquele momento senti Deus falando comigo através daquele texto. O Senhor me mostrava o quanto me amava e o quanto tinha cuidado de mim!
Lemos o Salmo, conversamos sobre ele, oramos juntas e em seguida fui embora, sabendo que Deus tinha usado minha avó para falar ao meu coração…
Talvez você esteja passando por momentos em que o sentimento de solidão é tão grande que a sensação que você têm é de que Deus não existe, ou que Ele não dá a mínima para você e seus sentimentos. Te convido, então, agora, a fazer uma pausa em todos os seus sentimentos, a dar um “stop” em sua revolta e a ler comigo o trecho do Salmo 139 que minha avó, sabiamente, dividiu comigo: “SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces. Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão. Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir.  Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?  Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.  Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa; Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem”.

Hoje eu te convido a meditar sobre o amor de Deus em sua vida. Abra os olhos para o que Ele tem feito a cada dia, seus cuidados, suas providências, sua proteção…
Não se deixe intimidar pelo “barulho” do mundo. Dê um passo na fé e creia que esse Deus é real em sua vida, mesmo que você não sinta. E, se por acaso, as coisas e preocupações do mundo estiverem te deixando cego, faça uma pausa, olhe os lírios do campo e as aves do céu.

Porque Deus é contigo e tem cuidado de sua vida!

Pense nisso e seja feliz!




Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Lista revela hábitos matinais das pessoas produtivas no trabalho

prodPublicado no Extra

A produtividade é um fator essencial para se destacar no mercado de trabalho. Para ajudar os profissionais que querem ser mais eficientes, o site “Business Insider” providenciou uma lista com dicas que podem melhorar a eficiência dos funcionários. Os hábitos simples relacionados fazem parte das manhãs de trabalho das pessoas consideradas superprodutivas.

1 – Conclua uma tarefa imediatamente

Assim que chegam ao trabalho, as pessoas muito produtivas terminam uma tarefa necessária. Isso serve para dar o tom de como será aquele dia e funciona como um trampolim para a positividade, segundo o site.

2 – Crie recompensas pessoais

Alguns prêmios simples podem ser usados como uma espécie de recompensa a cada tarefa que deve ser feita ou meta a ser alcançada. Por exemplo, quando acabar de responder todos os e-mails ou de analisar um longo relatório, o profissional pode tomar um café especial ou encontrar outra recompensa para o trabalho duro.

3 – Acabe com o pessimismo

Se o funcionário já começa o dia pensando como o expediente será longo, cansativo e atribulado, provavelmente terá um dia de acordo com essa previsão pessimista. Segundo o “Business Insider”, é importante pensar que tudo vai correr bem, que todos os prazos serão cumprido e os objetivos, alcançados.

4 – Tome um café da manhã saudável

A publicação lembra que a alimentação influencia muito no humor e produtividade das pessoas. A primeira refeição do dia não pode ser vista como opcional, já que a fome pode tirar a concentração dos profissionais.

5 – Programe cada telefonema com antecedência

Por mais que nem todas as profissões permitam que o empregado planeje perfeitamente seu dia a dia, é importante tentar listar todas as tarefas que devem ser feitas e se programar para realizá-las em um horário pré-determinado. Até mesmo as ligações que devem ser feitas precisam constar nesse cronograma diário.

6 – Em seguida, desligue o telefone

O smartphone pode parecer essencial atualmente, mas também é um grande motivo de distrações no trabalho. Para evitar ser interrompido cada vez que uma mensagem engraçadinha chegar pelo WhatsApp, desligue o aparelho ou deixe no modo silencioso. De acordo com o “Business Insider”, o ideal é só usar o celular quando for muito importante atender ou fazer um telefone, além de acessar algum aplicativo necessário.

7 – Cuidado com os sites

Por mais que seja importante se atualizar, o profissional deve tomar cuidado para não passar o dia em sites de notícias ou em redes sociais, se isso significar deixar o trabalho de lado. Confira as páginas, mas evite que isso atrapalhe a concentração no trabalho.

8 – Evite os desmotivadores

As pessoas super produtivas tomam cuidado com suas companhias e evitam os procrastinadores, os rabugentos que não terminam as tarefas e os colegas que passam o tempo todo se queixando sobre os mais variados assuntos.




Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Açúcar é mais prejudicial para a pressão que o sal, aponta estudo

acucar

Publicado em R7

Sal pode ser menos prejudicial à saúde de pacientes com pressão arterial elevada do que se pensava. De acordo com médicos do Mid America Heart Institute, um novo estudo descobriu que açúcares processados podem contribuir mais para a pressão alta e doenças cárdicas do que o sal.

James DiNicolantonio, do Mid America Heart Institute, afirma que evitar açúcares processados, tais como xaropes de milho, pode causar uma significativa redução na pressão arterial.

― O ideal é consumir alimentos naturais e evitar qualquer alimento processado. Se preocupe, principalmente, com alimentos com açúcares adicionados, como a sacarose e o xarope de milho.

Os pesquisadores observaram muitos estudos anteriores sobre a redução do sal na alimentação e viram que não tem tanto impacto na pressão arterial como se imaginava. Em seu estudo, DiNicolatonio descobriu que o açúcar causou mais impacto na pressão arterial do que o sal.

O cientista descobriu que as pessoas que restringiram a sua ingestão de sal, tiveram a pressão arterial sistólica (número superior) diminuída em apenas 4,8 pontos, e sua pressão diastólica (número inferior) diminuída em 2,5 pontos.

Em pacientes que ingeriram uma dieta rica em açúcar ― pelo menos 33% das calorias totais ingeridas pelo alimento ― a pressão arterial aumentou, em média, 7,6 pontos na sistólica e 6,1 pontos na diastólica.

― Os pacientes podem evitar esses açúcares que são potencialmente prejudiciais ao ter uma dieta rica em frutas e vegetais frescos.




Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments