Deus quer te dar O MELHOR

melhorpesente

Há muitos anos o Senhor me presenteou com uma promessa. Promessa essa que, sempre quando leio, me fortalece, restaura, transforma o meu ânimo, me dá novo vigor. Depois de muitos anos de luta e quase desesperança, Ele me mostrou que minha realidade seria mudada. Talvez você, que lê minhas mensagens diariamente, não consiga imaginar minhas lutas. Afinal “ela fala tão bem a Palavra, que não deve passar por lutas e sua vida deve ser uma mar de rosas”. Doce engano…

Já falei em algumas mensagens aqui no Blog que Deus não fabrica Super-heróis e não fabrica mesmo!
Aquele que aceita a Jesus ou que prega esse Jesus não passa a ser um intocável, infalível e sem máculas…
Continuamos sendo pecadores, continuamos tendo a extrema necessidade de vigiar e orar para não cair. Quando nos precipitamos, pagamos pelas consequências de nossos atos como qualquer outra pessoa e também, como você, estamos num mundo que jaz no malígno e, por isso, sofremos com os rumos dos acontecimentos.
Não, não pense que sou infalível! Sou pecadora como você!
Talvez a diferença esteja na minha busca diária, nos alvos e objetivos que estabeleci para a minha vida, na decisão que tomei há 20 anos de seguir este Jesus, mesmo errando e sendo tão imperfeita, mesmo passando por tantas lutas e enfrentando tantos desafios.
Mas que que promessa doi essa que o Senhor me fez que, sempre quando leio, me fortalece, restaura, transforma o meu ânimo, me dá novo vigor? Está escrito em Jeremias 52, 32-34. “E falou com ele benignamente, e pôs o seu trono acima dos tronos dos reis que estavam com ele em Babilónia. E lhe mudou os vestidos da sua prisão; e comeu pão sempre na sua presença, todos os dias da sua vida. E, quanto ao seu tratamento, foi-lhe sempre dado o tratamento ordinário do rei de Babilónia, a sua porção quotidiana, até o dia da sua morte, todos os dias da sua vida.”
Nestes dois versículos Ele nos fala de libertação e cuidado. Mesmo sendo tão falíveis, imperfeitos e fracos, Ele fala conosco benignamente e nos mostra um amor que muda realidades. Um amor que restaura, fortale e nos dá lugar de honra.

Que lindo!

O Senhor fala conosco benignamente…

Não importa quem somos ou o que fizemos no passado. Ele fala conosco benignamente, com uma voz que se parece com o barulho de todas as águas. Nos acalenta, nos cura, nos liberta…

Ele fala conosco benignamente e vai além do falar. Ele muda a nossa situação de vida!

Tira de nós as veste de prisão e todo vestígio do passado de tristezas, humilhação e derrota e prepara para nós uma mesa farta para nos deliciarmos todos os dias de nossas vidas. Uma mesa farta, na Sua presença!

Ele, o Senhor dos Senhores, Rei dos Reis, quer sentar todos os dias, para cear, conversar e compartilhar conosco segredo de nossos corações. Ele quer nos dar pão, na sua presença todos os dias de nossas vidas!

E quanto ao tratamento?

Que tipo de vida e de tratamento Ele quer que tenhamos?

Ele quer nos dar o MELHOR, Ele quer nos dar tratamento de reis, a porção dos reis, todos os dias de nossas vidas!

Eu não sei como é a sua realidade, não sei de suas dificuldades, lutas. Não sei que tipo de pecado você anda cometendo, que tipo de vida você vem levando. Só sei que Ele quer mudar suas vestes, quer te dar tratamento de rei na Sua presença, todos os dias de sua vida.

Pense nisso…

Creia que Deus quer trocar suas vestes, mudar a sua realidade e te dar O MELHOR…

Pare, reflita, ore…

Deus quer te dar O MELHOR…

Tome posse desta verdade, busque-o, jogue-se aos seus pés, deixe o amor do Senhor entrar em sua vida, tranqüilize-se, não se deixe assustar com a aparência do mal. Começe a viver agora numa nova dimenção de fé e de vida e seja feliz!

1Neste fim de semana, participamos de um evento abençoado: o Adolacamp, um retiro de adolescentes da Hebrom, realizado em Itaoca praia, ES. Foram dias de um grande mover de Deus,quando tivemos a alegria de veradolescentes e jovens sendo tocados e tendo suas vidas transformadas (Assim que pegar as fotos, estarei postando algumas para vocês aqui).
Como as coisas de Deus sempre se completam, o Senhor me falou nesta manhã de libertação e cuidado. Ele nos mostra o que quer para nós através dos últimos versículos do livro de Jeremias. Está escrito no capítulo 52, 32-34:
E falou com ele benignamente, e pôs o seu trono acima dos tronos dos reis que estavam com ele em Babilónia. E lhe mudou os vestidos da sua prisão; e comeu pão sempre na sua presença, todos os dias da sua vida.E, quanto ao seu tratamento, foi-lhe sempre dado o tratamento ordinário do rei de Babilónia, a sua porção quotidiana, até o dia da sua morte, todos os dias da sua vida.

Que lindo!
O Senhor fala conosco benignamente…
Não importa quem somos ou o que fizemos o passado. Ele fala conosco benignamente, com uma voz que se parece com o barulho de todas as águas. Nos acalenta, nos cura, nos liberta…
Ele fala conosco benignamente e vai além do falar…
Ele muda a nossa situação de vida!

Tira de nós as veste de prisão e todo vestígio do passado de tristezas, humilhação e derrota.
E prepara para nós uma mesa farta para nos deliciarmos todos os dias de nossas vidas.
Uma mesa farta, na Sua presença!
Ele, o Senhor dos Senhores, Rei dos Reis, quer sentar todos os dias, para cear, conversar e compartilhar conosco segredo de nossos corações…

Ele quer nos dar pão, na sua presença todos os dias de nossas vidas!
E quanto ao tratamento?
Que tipo de vida e de tratamento Ele quer que tenhamos?

Ele quer nos dar o MELHOR, Ele quer nos dar tratamento de reis, a porção dos reis, todos os dias de nossas vidas!
Eu não sei como é a sua realidade, não sei de suas dificuldades, lutas. Não sei que tipo de pecado você anda cometendo, que tipo de vida você vem levando. Só sei que Ele quer mudar suas vestes, quer te dar tratamento de rei na Sua presença, todos os dias de sua vida.
Nesta semana, que apenas se inicia, pense nisso…
Creia que Deus quer trocar suas vestes, mudar a sua realidade e te dar O MELHOR…
Pare, reflita, ore…
Deus quer te dar O MELHOR…

Tome posse desta verdade, busque-o, jogue-se aos seus pés, deixe o amor do Senhor entrar em sua vida, tranqüilize-se, não se deixe assustar com a aparência do mal. Começe a viver agora numa nova dimenção de fé e de vida e seja feliz!

 

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

O tijolo

TIJOLOUm  jovem e bem sucedido executivo dirigia na vizinhança, correndo em sua nova Ferrari. Observando crianças se lançando entre os carros estacionados, ele achou ter visto algo, mas continuou sua marcha acelerada.

De repente um tijolo espatifou-se na porta lateral da Ferrari. Freou rapidamente e deu ré até o lugar de onde teria vindo o tijolo. Saltou do carro e pegou bruscamente uma criança empurrando-a contra um veículo estacionado e gritou:

– Por que você fez isto? Quem é você? Que besteira você pensa que está fazendo?

Este é um carro novo e caro, aquele tijolo que você jogou vai me custar muito dinheiro.

Por que você fez isto?

– Por favor senhor me desculpe, eu não sabia mais o que fazer!

Implorou o pequeno menino…

– Ninguém estava disposto a parar e me atender neste local.

Lágrimas corriam do rosto do garoto, enquanto apontava na direção dos carros estacionados.

– É o meu irmão. Ele desceu sem freio e caiu de sua cadeira de rodas e eu não consigo levantá-lo.

Soluçando, o menino perguntou ao executivo:

– O senhor poderia me ajudar a recoloca-lo em sua cadeira de rodas? Ele está machucado e é muito pesado para mim.

Movido internamente muito além das palavras, o jovem motorista engolindo “nó imenso na garganta” dirigiu-se ao jovenzinho, colocando-o em sua cadeira de rodas. Tirou seu lenço, limpou as feridas e arranhões, verificando se tudo estava bem.

– Obrigado e que meu Deus possa abençoá-lo. A criança disse a ele, grata.
O homem então viu o menino se distanciar… empurrando o irmão em direção à sua casa.

O nó na garganta voltou a aparecer, como se fosse engasgá-lo. Foi um longo caminho de volta para a ferrari, um longo e lento caminho de volta.

Ele nunca consertou a porta amassada.

Deixou amassada para lembrá-lo de não ir tão rápido pela vida, a ponto que alguém tivesse que atirar um tijolo para obter a sua atenção…

Pense nisso!

Deus sussurra em nossas almas e fala aos nossos corações, mas às vezes Ele permite que sejamos atingidos por verdadeiros tijolos, para valorizarmos mais a vida, para reconhecermos a nossa insignificância, para deixarmos de lado a nossa alto suficiência, para procurarmos o seu colo, o seu auxílio…
Os tijolos da vida acontecem não por castigo, mas por amor, pelo cuidado de Deus para conosco…
E quando acordamos para a realidade em que vivemos, quando o buscamos com o coração humilde e sincero Ele nos pega no colo, cura nossas feridas e nos direciona pelo caminho certo…
Em Lucas 15, de 4 a 6, o Senhor nos diz: “Qual de vós é o homem que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa as noventa e nove no deserto, e não vai após a perdida até que a encontre? E achando-a, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo; e chegando a casa, reúne os amigos e vizinhos e lhes diz: Alegrai-vos comigo, porque achei a minha ovelha que se havia perdido”.
Pense nisso!
O amor de Deus em nossas vidas é infinito. Deus nos ama de tal maneira que foi capaz de nos dar o seu Filho amado para morrer por nós e nos libertar de todo pecado. Jesus nos ama de tal maneira que foi capaz de se dar por nós. E este Jesus, que se deu por nós, nos espera a cada dia, a cada momento, de braços abertos. Sem julgamentos, sem críticas, com um amor que nos liberta, nos transforma, nos mostra o caminho certo.

Mas preste atenção numa coisa: Não espere o tijolo da vida!

Busque o Senhor, valorize o que tem que ser valorizado, não espere o tijolo….
Viva intensamente com um coração grato e sincero e seja feliz!!!

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Se você está no casulo…

casulo

Certo dia uma lagarta, que passou toda sua vida no chão, olhando os pássaros resolveu se revoltar com sua realidade e, indignada, disse a Deus: “Sou a mais desprezível das criaturas… Feia, repulsiva, condenada a rastejar pela terra.”

Passado um tempo a Natureza ordenou que ela fizesse um casulo.
A lagarta se assusta – jamais fizera um casulo antes. Pensa que está construindo seu túmulo, e prepara-se para morrer…

Desesperada, preparou o casulo e trancou-se nele aguardando o seu fim…

Os dias passam… A espera é grande. Enclausurada ela nada entende. Acredita realmente que vai morrer…
Até que um dia ela se vê transformada numa linda borboleta…

Liberta do casulo e da situação que vivia antes, pode passear pelos céus, e ser admirada pelos homens…
A lagarta surpreende-se então, com o sentido da vida e com os desígnios de Deus. Feliz, percebe o processo pelo qual passou e com o coração cheio de alegria e gratidão sai a voar pelos céus e a falar de sua rica experiência por toda a floresta.

Autor desconhecido

Pense nisso…

Muitas vezes em nossas vidas nos sentimos como a lagarta. Nos sentimos feios, repulsivos, condenados a rastejar, condenados à humilhação, à tristeza e à solidão…

Machucados e humilhados, não vemos saída para nossa situação e somos levados a pensar que o nosso destino é o sofrimento e que, se Deus existe, Ele existe e age na vida de outras pessoas, nunca na nossa.

Se você está passando por um momento desse. Lembre-se mais uma vez da lagarta, observe…

Amargurada com sua situação, ela vê no casulo  o sinal de seu fim. Enclausurada, isolada, não percebe que está passando pelo processo final, o processo que a levará aos céus, que a fará voar e aproveitar todas as maravilhas da vida.

Você tem a sensação de ter chegado ao fundo do poço?

Tudo parece ter acabado?

Não se desespere, você está no casulo, deixe Deus trabalhar em você!
Deixe Deus transformar o seu ser…
Para que a lagarta vire borboleta, a transformação tem que ser completa!

Não pode existir traços de lagarta ou membros de lagarta no corpo da borboleta.

Assim acontece conosco, pode estar acontecendo com você…

Se você está no casulo da vida, deixe Deus trabalhar você!
Porque, pra que você possa voar, não pode existir nenhum pedaço de lagarta, nenhum membro atrofiado. Tudo tem que ser renovado…

Jesus diz “necessário vos é nascer de novo…”

Pra que você possa voar, necessário vos é que você seja uma nova criatura em Cristo e, se você está no casulo é porque Deus está te transformando nessa nova criatura.

Pare agora e sinta a transformação…
Veja que você tem crescido, amadurecido…
Veja que o tempo de voar está chegando!

Em números 23:19 o Senhor diz: “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele dito, não o fará? ou, havendo falado, não o cumprirá?”

Em IS 40:31, a Palavra do Senhor nos diz: –  Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.

Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças!

Mesmo que você ache que tudo acabou e que não dá mais tempo!

Deus não é homem, para que minta!

Em Oséias 11: 4 o Senhor nos diz “Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; e fui para eles como os que tiram o jugo de sobre as suas queixadas, e me inclinei para lhes dar de comer”.

Creia nisso…

Se você está no casulo da vida, creia que Deus está contigo, creia que Ele te envolve com laços de amor…
Creia que você está sendo preparado para voar!

Você não foi feito para rastejar!
Não foi feito para ficar no casulo a vida inteira e, se você está nele, é porque você está sendo preparado para voar…

Abra o seu coração para Deus…

Pense nisso  e seja feliz!!!

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

No que você está pensando?

pensando

Saber direcionar nossos pensamentos é nossa primeira atitude para termos um dia de paz e descanso no Senhor. Mesmo que hajam guerras e combates ao nosso redor. Mesmo que os gigantes tenham se levantado contra nós ou contra alguém de nossa família. Joyce Meyer fala muito que devemos pensar sobre o que estamos pensando e isso é pura verdade. Seja qual for a situação, da nossa forma de pensar (e não dos problemas) fluirá a nossa paz ou o nosso desespero. Um versículo que li ontem diz o seguinte: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”. Filipenses 4:8

Assim devemos levar nossos dias senão, pelo contrário, seremos alvo fácil dos dardos inflamados do inimigo, que, na maioria das vezes, são sugestões, suposições, dúvidas e acusações que roubam a nossa paz e alegria de viver.

Hoje deixo esta pequena mensagem pra você e te pergunto: No que você tem pensado? Se porventura seus dias tem sido atribulados e sem paz, avalie, sinceramente, os padrões de pensamentos que estão alojados em sua mente. Se são de tristeza, refute-os, proclamando que a alegria do Senhor é a sua força (Neemias 8:10), se são de medo, lembre-se que o Senhor nos disse para não temermos e nem nos espantar, porque Ele estará conosco em qualquer parte para onde formos (Josué 1:9). Se forem de preocupação, Jesus disse, não estejais ansiosos por coisa alguma (Lucas 12:22). Sejam quais forem os pensamentos que estão te levando a dias de intranquilidade e infelicidade, troque-os pela Palavra. Proclame-a em sua vida incessantemente, troque seus pensamentos, concentre-se no que é bom e no que te traz esperança (Lam. 3:21) e você, com certeza, será feliz!

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments

Quem quase vive não vive…

quase vive“Ainda pior que a convicção do não, é a incerteza do talvez, é a desilusão de um quase!
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos,
nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel
por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna?
A resposta eu sei de cor, está estampada na distância e na frieza dos sorrisos,
na frouxidão dos abraços, na indiferença dos “bom dia”, quase que sussurrados.
Sobra covardia e falta coragem até para ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.
Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor. Mas não são.
Se a virtude estivesse mesmo no meio-termo, o mar não teria ondas,
os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.  Preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.Para os erros há perdão, para os fracassos, chance, para os amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma.
Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando…
Fazendo que planejando…
Vivendo que esperando…
Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.”
Luiz Fernando Veríssimo…
Não vale a pena viver uma vida morna…
Porque é na nossa indecisão, é na nossa covardia que o inimigo se fortalece…

Jesus diz em Apocalipse: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei”

Que valia tem na vida aquele que não se decide?
Que noivo aceita uma noiva que não quer compromisso?
Que torcida quer um time ou jogador que não defende a sua camisa?

Assim acontece na vida. Nós temos que tomar posição.
Ou assumimos a posição de vencedores ou nos declaramos derrotados.
Qual a posição que vamos assumir a partir de hoje?
Ou estamos nas trevas ou estamos na luz e onde há luz não pode haver trevas!
Muitas coisas não acontecem em nossas vidas simplesmente pela falta de decisão…
Queremos vitória, mas somos mornos e abaixamos a cabeça;
Queremos amor em nossas vidas, mas achamos que a decisão tem que vir do outro;
Queremos paz, mas não nos colocamos na presença de Deus e muito menos damos chance para que a verdadeira paz encha nos encha por inteiro.
Preferimos olhar o tamanho da tempestade, a acreditar que uma farta colheita acontecerá em breve.
Preferimos abraçar as preocupações a aproveitar cada minuto que temos, saboreando o que temos de melhor.
Escolhemos a posição de vítima, porque vítima é vitima, não tem responsabilidades, apenas aguarda que a ajuda chegue. Nos esquecemos, no entanto,  que  vítimas não escolhem o que receber e, em muitos casos, até mesmo como viver…

Pense nisso
Não espere por ninguém e por nada. Dê você o primeiro passo para uma vida verdadeiramente vitoriosa porque “embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu”.

Comentar com Facebook

comentários

Powered by Facebook Comments